SNIF - Dados Complementares - Estoques das Florestas

Dados Complementares - Estoques das Florestas

Estoque das Florestas - Referências - Metadados

Referências Os cálculos de volume, biomassa e carbono foram estimados a partir de dados da literatura, compilados em 2014 pelo Serviço Florestal Brasileiro, por fitofisionomia, originando a tabela de referência abaixo. Esses valores podem ser atualizados/alterados, à medida que novas informações forem surgindo, a fim de obter estimativas mais precisas. Dados atualizados em 17/09/2015.  

Estoque das Florestas - Carbono - Tabelas e Gráficos

Carbono O carbono representa cerca de 50% da biomassa. O carbono encontra-se estocado nos diversos "compartimentos" de biomassa nas florestas, ou seja, na biomassa viva (acima e abaixo do solo), na biomassa morta e na matéria orgânica do solo. Veja a seguir os compartimentos de reserva de Carbono nas florestas. Carbono na biomassa viva acima do solo - Inclui troncos, galhos, copa, sementes e folhas. Carbono na biomassa viva abaixo do solo - Inclui raízes vivas, excluindo aquelas pequenas (diâmetro < 2 milímetros) porque não podem ser distinguidas da matéria orgânica do solo ou da serapilheira. Carbono na biomassa morta - Carbono de toda a biomassa lenhosa morta que não faz parte da serapilheira. Inclui o que já está caído no solo, as raízes mortas e os galhos com diâmetros superiores a 10 centímetros. Carbono na serapilheira - Carbono de toda a biomassa morta com diâmetro inferior ao diâmetro mínimo exigido pelo Brasil para medir madeira morta, em vários estágios de decomposição por cima do solo mineral ou orgânico. Carbono do solo - Carbono orgânico nos solos minerais e orgânicos a uma profundidade específica e aplicada de maneira coerente em todas as séries cronológicas. A FAO recomenda medir a quantidade de carbono existente em cada um desses compartimentos, sendo posteriormente somadas para calcular o carbono total na floresta. Em geral, a maior parte da biomassa vegetal encontra-se na parte área das árvores de maior diâmetro (80%), exceto no bioma Cerrado, onde a biomassa vegetal concentra-se nas raízes (biomassa subterrânea - 70%), por isso chamada de "floresta invertida".  BiomaDados2015 Estimativa da quantidade de carbono em milhões de toneladas métricas para as florestas naturais por bioma, por compartimento e por ano Amazônia Carbono Biomassa Acima do Solo 43.982 Carbono Biomassa Abaixo do Solo 7.913 Carbono Biomassa Morta 569 Carbono na Serrapilheira 718 Carbono no Solo 15.389 Total Amazônia 68.571 Caatinga Carbono Biomassa Acima do Solo 947 Carbono Biomassa Abaixo do Solo 267 Carbono Biomassa Morta 52 Carbono na Serrapilheira 86 Carbono no Solo 1.123 Total Caatinga 2.475 Cerrado Carbono Biomassa Acima do Solo 1.699 Carbono Biomassa Abaixo do Solo 1.030 Carbono Biomassa Morta 40 Carbono na Serrapilheira 146 Carbono no Solo 2.588 Total Cerrado 5.503 Mata Atlântica Carbono Biomassa Acima do Solo 1.071 Carbono Biomassa Abaixo do Solo 991 Carbono Biomassa Morta 64 Carbono na Serrapilheira 58 Carbono no Solo 1.111 Total Mata Atlântica 3.295 Pampa Carbono Biomassa Acima do Solo 72 Carbono Biomassa Abaixo do Solo 17 Carbono Biomassa Morta 9 Carbono na Serrapilheira 7 Carbono no Solo 161 Total Pampa 266 Pantanal Carbono Biomassa Acima do Solo 227 Carbono Biomassa Abaixo do Solo 115 Carbono Biomassa Morta 3 Carbono na Serrapilheira 19 Carbono no Solo 339 Total Pantanal 703 Brasil Carbono Biomassa Acima do Solo 47.998 Carbono Biomassa Abaixo do Solo 10.333 Carbono Biomassa Morta 737 Carbono na Serrapilheira 1.034 Carbono no Solo 20.711 Total Brasil 80.813       * A metodologia do Serviço Florestal Brasileiro para estimar o estoque de carbono está sendo aprimorada. Dessa forma, é possível que os dados sejam atualizados de acordo com a melhoria da informação disponível. Dados atualizados em 27/06/2016. Para visualizar estimativas anteriores realizadas pelo SFB, clique aqui.

Estoque das Florestas - Biomassa - Tabelas e Gráficos

Biomassa A biomassa, segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), é a "matéria orgânica presente tanto acima quanto abaixo do solo, viva e morta, como por exemplo, árvores, culturas agrícolas, gramíneas, serapilheira, raízes".  BiomaCompartimento2015 Estimativa da quantidade de biomassa em milhões de toneladas métricas para as florestas naturais por bioma, por compartimento e por ano Amazônia Biomassa Acima do Solo 86.689 Biomassa Abaixo do Solo 16.836 Biomassa Morta 1.210 Total Amazônia 104.735 Caatinga Biomassa Acima do Solo 2.014 Biomassa Abaixo do Solo 544 Biomassa Morta 84 Total Caatinga 2.642 Cerrado Biomassa Acima do Solo 3.613 Biomassa Abaixo do Solo 2.117 Biomassa Morta 42 Total Cerrado 5.772 Mata Atlântica Biomassa Acima do Solo 2.293 Biomassa Abaixo do Solo 510 Biomassa Morta 105 Total Mata Atlântica 2.908 Pampa Biomassa Acima do Solo 153 Biomassa Abaixo do Solo 36 Biomassa Morta 4 Total Pampa 193 Pantanal Biomassa Acima do Solo 482 Biomassa Abaixo do Solo 232 Biomassa Morta 6 Total Pantanal 720 Brasil Biomassa Acima do Solo 95.244 Biomassa Abaixo do Solo 20.275 Biomassa Morta 1.451 Total Brasil 116.970     * A metodologia do Serviço Florestal Brasileiro para estimar a biomassa está sendo aprimorada. Dessa forma, é possível que os dados sejam atualizados de acordo com a melhoria da informação disponível. Dados atualizados em 27/06/2016. Para visualizar estimativas anteriores realizadas pelo SFB, clique aqui. Segundo a FAO, a biomassa vegetal exerce dois papéis principais no sistema climático: a primeira é a fotossíntese, que retira CO2 (gás carbônico) da atmosfera e o estoca na biomassa; a segunda é que a biomassa quando queimada emite CO2, aerossóis e outros gases causadores do aquecimento global. Devido a estes dois aspectos, a biomassa vegetal tem chamado atenção por ser tanto uma fonte de carbono para produção de energia como recurso para sequestro e imobilização de carbono. Portanto, é importante monitorar as mudanças na quantidade de biomassa das florestas para verificar o quanto elas podem estar contribuindo para emissão ou estoque de carbono.

Estoque das Florestas - Volume - Tabelas e Gráficos

Volume O volume é uma expressão usada para quantificar, geralmente em metros cúbicos, o espaço ocupado por uma determinada árvore ou um conjunto delas existente em um povoamento, parcela ou talhão.  Bioma2015 Estimativa do volume de madeira total em milhões de metros cúbicos para as florestas naturais por bioma e por ano Amazônia 91.691 Caatinga 2.140 Cerrado 4.343 Mata Atlântica 1.866 Pampa 50 Pantanal 576 Brasil 100.665 * A metodologia do Serviço Florestal Brasileiro para estimar o volume de madeira está sendo aprimorada. Dessa forma, é possível que os dados sejam atualizados de acordo com a melhoria da informação disponível. Dados atualizados em 11/03/2019.